• O sistema reduz o lixo na proporção de 1/300
• A cada 100 toneladas, sobram 3 toneladas de cinzas


Reduzimos a emissão de dioxinas
Uma das causas de emissão de dioxinas em um incinerador comum é a retenção de oxigênio devido à combustão imperfeita em baixa temperatura de transformação (300-350 ° C).
Por consequência tornou-se obrigatório o uso de altas temperaturas, a 800 ° C ou superior, necessitando a instalação de um sistema de combustão secundária.
Por outro lado, o nosso sistema faz a decomposição de resíduos em baixas temperaturas, porém, a geração de dioxinas é inibida

Por quê?
Nosso sistema dificulta a colagem de dois anéis benzeno com oxigênio, minimizando a oferta de oxigênio.
Inibe também a produção de anéis de benzeno, utilizando o efeito de ânions que são gerados quando os resíduos passam através de ímãs especiais do dispositivo e entram na câmara.
O Cl- que resulta, em seguida, se liga com íons Na+ para formar um composto estável. Além disso, atua sobre NOX e SOX, inibindo a produção de substâncias químicas nocivas.